Dehonianos de vários países da América Latina
Congresso Dehoniano Latino-Americano em Corupá/SC
Crédito da foto - Congresso Dehoniano Latino-Americano

Desde o domingo, 13 de janeiro, cerca de 34 participantes dehonianos vindos de todas as Entidades da América Latina começaram a se encontrar no Hotel Tureck, em Corupá, no sul do Brasil para o Congresso “Pós-modernidade e Mística do Coração de Jesus: provocações, diálogo e respostas”, previsto para os dias 14 a 18 de janeiro. O encontro foi um pedido da Carta Programática do governo geral (2015-2018) assumido pelos superiores provinciais das entidades da América Latina e organizado pela Província Brasil Meridional (BRM). Todos foram cordialmente acolhidos pelo Pe. Rubens Rieg, em nome do superior provincial, P. Gilberto Bonato, que aproveitou para agradecer à Comissão Teológica Dehoniana da América Latina que organizou todo o conteúdo para esse congresso. O coordenador da comissão, Pe. João Carlos Almeida abriu os trabalhos explicando aos partipantes os objetivos, o programa e o método previsto. No primeiro dia (14) a reflexão esteve a cargo do professor emérito de filosofia, Pe. Adilson Colombi que discorreu sobre as raízes da pós-modernidade. No segundo dia (15) Pe. João Carlos Almeida procurou ajudar os participantes a compreeender algumas categorias da pós-modernidade com o auxílio do referencial teórico de Zygmunt Bauman, verificando seu impacto sobre o pensamento do Papa Francisco. Ainda neste dia Pe. Gimesson da Silva discorreu sobre as conclusões do Sínodo dos Bispos sobre a Juventude, ocorrido em 2018 e Pe. Rubens Rieg, por sua vez, indicou de que modo o método fenomenológico pode nos ajudar a ler sem preconceitos a pós-modernidade. Com isso terminava o primeiro passo do Congresso denominado: “provocações”. No final da tarde o grupo teve a oportunidade de visitar o Noviciado Nossa Senhora de Fátima, onde celebrou a Eucaristia com a presença dos noviços. O dia 16 foi dedicado ao segundo passo: “diálogo”. De manhã Pe. Quinto Regazzoni fez uma leitura aprofundada sobre os códigos da pós-modernidade, demonstrando que esta já foi superada pela Hiper-modernidade e que estamos entrando em uma “era digital”. Na parte da tarde Pe. Manuel António Teixeira procurou identificar a relevância da Devoção ao Coração de Jesus na pós-modernidade. Verificamos que o coração é um símbolo sólido que ainda encontra eco em uma geração líquida, que pode beber frutuosamente nesta fonte se soubermos encontra a linguagem e os meios corretos, mantendo a solidez da mensagem. A noite desse dia foi de confraternização ao som de músicas regionais. No dia 17 o grupo trabalhou interativamente no terceiro passo do congresso: “respostas”. A tarde foi dedicada a uma peregrinação até Nereu Ramos onde encontra-se sepultado o Servo de Deus, Pe. Aloísio Boeing, scj. Após a missa o grupo ainda foi ao conhecido Seminário de Corupá para um momento de oração vocacional. O encontro foi encerrado no dia 18 ao meio dia com a missa, presidida pelo conselheiro geral, Pe. Levi dos Anjos. Antes disso os participantes aprovaram textos e outros materiais de divulgação dessa semana para os confrades de toda a congregação.



Fotos e texto: Congresso Dehoniano Latino-Americano.

 
Indique a um amigo